Blog Section

Você cuida do seu pescoço?

Vamos combinar: dá para descobrir a idade de uma mulher através do pescoço! Por mais que ela ande na moda, tenha um corte de cabelo jovem e use quilos de maquiagem e cremes para esconder as rugas, esse dedo-duro da idade sempre acaba esquecido, tanto nos cuidados quanto nas camuflagens.


Se compararmos o pescoço com outras áreas do corpo perceberemos que ele envelhece mais rápido. Isto acontece porque a pele dessa região é mais fina e possui menos pontos de adesão que ajudam a manter o tecido firme por mais tempo. Além disso, por ser uma área que fica mais frequentemente exposta à ação do sol e do vento, merece tanto ou mais cuidado que o rosto. O problema é que essa atenção nem sempre acontece e o pescoço acaba ficando de lado na rotina de beleza diária. O resultado desse mix de reações do organismo e ações externas e a falta de cuidados específicos é o temido aspecto envelhecido, com direito a rugas e fl acidez. A melhor maneira de evitar que o pescoço sofra as consequências e entregue a sua idade sem sua autorização é começar com a prevenção desde cedo. Tenha em mente que todo o cuidado que você tem com a face deve se estender ao pescoço, já que a pele das duas áreas são similares. Duas vezes por dia, pela manhã e à noite, comece o processo fazendo uma higienização com sabonete facial adequado ao seu tipo de pele, aplique um tônico e finalize aplicando um hidratante. Durante o dia, não se esqueça do protetor solar. Porém, esses cuidados básicos não garantem que a área fique livre da ação natural do tempo, apenas adiam e garantem a qualidade da pele. São três as alterações básicas que podem dar o aspecto de envelhecimento e piora da estética no pescoço: excesso de pele, excesso de gordura e flacidez do músculo platisma.


Existem vários tratamentos para o combate da flacidez do pescoço, como:

Lipoaspiração na papada
Indicação: para casos iniciais de envelhecimento, quando há excesso de gordura na região cervical, com discreto excesso de pele e sem flacidez do platisma.
Como é: normalmente realizada através de anestesia local com sedação ou anestesia geral, as incisões são pequenas e ficam escondidas junto às regiões dos lóbulos das orelhas e abaixo do queixo. Através destas incisões, o cirurgião plástico introduz as cânulas que irão aspirar o excesso de gordura.
 
Lifting
Indicação: para os casos em que já houve um desgaste avançado da região cervical, há excesso de pele, de gordura e muitas vezes uma flacidez do platisma.
Como é: a cirurgia pode ser realizada com anestesia geral ou local com sedação. Através da incisão, que fica escondida nos contornos das orelhas dos dois lados, o cirurgião retira o excesso de pele, responsável pela flacidez, e reacomoda o restante.