Blog Section

Rugas

As rugas são os sinais de envelhecimento da pele mais temido pelas mulheres e também os mais difíceis de serem evitados. O que muitos não sabem é que há diferentes tipos de rugas e para cada uma existe um tratamento específico, porém muitas pessoas têm exagerado na dose do preenchimento ou feito o procedimento errado para o tipo de ruga que se quer disfarçar.

É preciso conhecer as características de cada ruga, para se livrar ou, pelo menos, tentar amenizar os efeitos causados por elas. São dois tipos básicos de rugas que mais comprometem a juventude da pele: são as rugas dinâmicas e as rugas estáticas. Lembrando que nelas há variações como as rugas finas e profundas. Para cada uma delas há um tratamento específico para que a correção ou preenchimento seja o mais natural possível e para que o resultado seja o esperado pelo paciente.

As rugas dinâmicas, também conhecidas como rugas de expressão, são aquelas causadas pela ação dos músculos faciais, visíveis somente com o rosto em movimento. Como consequência dessas frequentes contrações, com o passar do tempo, surgem linhas de expressão na testa, ao redor dos olhos (“pés-de-galinha”), vincos entre as sobrancelhas.

Já as rugas estáticas são aquelas rugas geralmente mais profundas e permanentes, pois são visíveis com o rosto mesmo em repouso. Elas definitivamente já “marcaram” a pele, elas são decorrentes do envelhecimento intrínseco em combinação com a ação de agentes externos (exposição ao sol, vento, fumo, poluição), mas também podem ser uma evolução das rugas dinâmicas não tratadas, que pioram e se acentuam com o passar do tempo.