Blog Section

Mais vaidosos, homens têm se rendido à plástica na face

Motivados em apresentar boa aparência no ambiente profissional e aspecto saudável nos relacionamentos pessoais, cada vez mais homens têm buscado refúgio na cirurgia plástica.
Homens entre 30 e 40 anos são os que mais procuram o método para melhorar a aparência combater os efeitos do envelhecimento. “Eles fazem cirurgias plásticas pelo mesmo motivo que as mulheres, por vaidade e bem-estar”, diz o Dr. Sérgio Aluani, cirurgião plástico e membro especialista e titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
Entre eles, pálpebras e pescoço lideram os pedidos de cirurgia. “A cirurgia nas pálpebras elimina a aparência cansada”, explica o Dr. Rodrigo Mangaravite, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e professor da Santa Casa do Rio de Janeiro. A plástica de pescoço, por sua vez, corrige imperfeições da região, decorrentes principalmente da flacidez da cútis, queda do músculo e das estruturas internas. Este procedimento é procurado, principalmente, por homens que passaram dos 50 anos e têm papada ou sentem aumento do tecido gorduroso.
Vale lembrar que, o pós-operatório masculino costuma ser mais doloroso que o feminino, já que a espessura da pele do homem é 25% maior que das mulheres. Assim, sangramento e inchaço são comuns, o que deixa a recuperação mais lenta.
Cirurgias por faixa etária
Saiba quais são as cirurgias plásticas mais procuradas pelos homens de acordo com sua faixa etária.
Homens de 20 a 30 anos
Lipoaspiração, rinoplastia (plástica do nariz), cirurgia na orelha e ginecomastia (cirurgia na mama masculina), são as mais procuradas por homens entre 20 e 30 anos.
Homens de 30 a 40 anos
Já pensando no envelhecimento, os homens dessa idade querem fazer lipoaspiração, cirurgia nas pálpebras, rinoplastia e transplante de cabelos.
Homens de 50 a 60 anos
Os cinquentões não deixam a vaidade de lado, sempre em busca do bem-estar recorrem à lipoaspiração, cirurgia na face, pescoço e pálpebras.